Vendas do varejo crescem 13,9% em maio, mas ainda não recuperam perda acumulada

Vendas do varejo crescem 13,9% em maio, mas ainda não recuperam perda acumulada

Resultado superou as projeções de analistas; no ano, o comércio tem queda de 3,9% e, na comparação com o mesmo mês de 2019, houve recuo de 7,2%

As vendas no comércio varejista brasileiro tiveram crescimento recorde de 13,9% em maio ante abril, segundo os dados da Pesquisa Mensal de Comércio, divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quarta-feira, 8. O desempenho foi melhor do que o previsto mesmo pelos mais otimistas analistas do mercado financeiro, mas ainda insuficiente para reverter as perdas históricas acumuladas em março e abril, decorrentes da crise provocada pela pandemia do novo coronavírus.

Apesar da melhora em maio, o varejo ainda está 7,3% abaixo do patamar pré-pandemia, de fevereiro de 2020. O varejo ampliado – que inclui as atividades de veículos e material de construção – teve uma retração de 15,4% em relação ao patamar pré-pandemia, já considerando o avanço de 19,6% nas vendas obtido em maio.

Segundo Cristiano Santos, analista do IBGE, a flexibilização de medidas de isolamento social tende a beneficiar o varejo, mas a queda na massa de salários em circulação na economia ainda pode prejudicar o ritmo de recuperação das vendas.

“Se você abre a sua loja é possível que você consiga vender mais do que se estivesse fechada, mas vai depender também de quem está comprando, da massa de renda salarial, desses auxílios (emergenciais), depende de uma série de fatores”, explicou Santos. “O fator flexibilização acaba  puxando para cima, mas o fator queda na massa de rendimento real puxa para baixo, então a gente não sabe qual fator vence essa queda de braço para o futuro.”

Na passagem de abril para maio, todas as atividades varejistas tiveram desempenho positivo: Tecidos e vestuário (100,6%), Móveis e eletrodomésticos (47,5%), Outros artigos de uso pessoal e doméstico (45,2%), Livros e papelaria (18,5%), Equipamentos para informática e comunicação (16,6%), Artigos farmacêuticos (10,3%), Supermercados (7,1%) e Combustíveis (5,9%). “Tem que relativizar essa alta, é muito atípica. A base (de comparação) estava muito baixa”, ponderou Santos.

No comércio varejista ampliado, as vendas de veículos saltaram 51,7%, enquanto as de material de construção tiveram elevação de 22,2%.

Para o economista-chefe do Haitong, Flávio Serrano, o crescimento do varejo acima do esperado parece confirmar a avaliação de que os programas de transferência de renda do governo federal foram mais do que capazes de compensar os efeitos da pandemia do coronavírus sobre a massa de rendimentos dos trabalhadores.

“A transferência de renda parece ter garantido a normalização de alguns componentes do varejo, as pessoas voltaram a consumir”, afirmou Serrano.

A alta mais forte do varejo em maio é explicada pelos programas emergenciais do governo mas também pela demanda reprimida, na visão da economista-chefe da ARX Investimentos, Solange Srour. A questão, segundo ela, é como ficará o ritmo dessa recuperação quando esses programas forem extintos, o que, para ela, deve depender da manutenção da recuperação da economia mundial e, principalmente, da retomada da agenda de reformas e privatizações, que seriam essenciais para dar sustentação ao crescimento.

“Houve agora a extensão por mais dois meses (dos programas de sustentação de renda), mas vai acabar em algum momento, e teremos que ver se a economia vai conseguir retomar com os fundamentos, como juros mais baixos. Esse número bom deve se repetir em junho e julho, embora com menos intensidade, mas a questão é como fica o segundo semestre depois da expiração desses programas”, disse Solange.

Em relação a maio de 2019, o volume vendido pelo varejo recuou 7,2%. O único setor com avanço nesse tipo de comparação foi o de supermercados, beneficiado, entre outros fatores, pelo pagamento do auxílio emergencial pelo governo federal, disse Cristiano Santos.

O pesquisador do IBGE confirma que o mês de abril foi o pior momento para o comércio varejista. “Até maio, dá para dizer que o pior já passou. O patamar de receita já aumentou, então abril foi o mês mais complicado do ponto de vista da receita das empresas”, disse ele. “Quando você tem uma queda muito grande, é muito difícil piorar também. Esse ajuste nos coloca ainda mais ou menos no pior momento da crise de 2016”, acrescentou.

Fonte: SETCESP

Rolar para cima
Mantenedor Master
Rio Diesel Veículos e Peças S/A
Concessionário Mercedes-Benz
de Veículos Comerciais
Rua Carlos Marques Rollo 881, Jardim Império, Nova Iguaçu – RJ
SIEMBRA CONSULTORIA EMPRESARIAL LTDA Rua Quinze de Novembro 04, Sala 707 Centro – Niterói – RJ https://siembrabeneficios.com.br Contato: (21) 4003-7602

CANADÁ CORRETORA DE SEGUROS LTDA

Av. das Américas, 1650 – Bloco 4 /101 a 103 – Barra da Tijuca – Rio de Janeiro / RJ

https://www.canadaseguros.com.br/

Contato: (21) 2107-4420 / (21) 2107-4418 / (21) 2107-4444

Golden Service

Rua Guandu,155 – Teresópolis – RJ

CEP 25963-620

Telefone: (21) 3644-7000

E-mail: [email protected]

http://site.gservice.com.br/

CALLMED EXAMES COMPLEMENTARES

Rua Almirante Grenfall, 405 – Bairro Parque Duque – Cidade Duque de Caxias

Telefone: (21) 3661-9600 Comercial: (21) 99727-3281 (Marcia Nogueira)

Insta: @clinica.callmed

PRAXIO

Av. Eng. George Corbisier, 1290 – Jabaquara, São Paulo – SP, 04345-001

Telefone: (11) 4186-9696

https://praxio.com.br//

T4S Technology for Safety

Alameda Araguaia, 750, Barueri – SP
Telefone: (11) 2424-7252
Cel: (11) 96926-6062 (Comercial)
Cel: (11) 97282-9437 (Comercial)
Cel: (11) 94839-1726

E-mail: [email protected]

Agência F3X Soluções Inteligentes

Av. Armando Lombardi, 205 – Barra da Tijuca, Rio de Janeiro – RJ, 22640-020

https://agenciaf3x.com.br/

Contato: (21) 99926-8644

JF Assessoria Ambiental e Empresarial Ltda

Tel: (21) 2782-6590 / (21) 99294-0028 / (21) 7853-6695

E-mail: [email protected]
Endereço: Rua Lauro Sodré, s/n, lote 28 – Galpão
CEP 25040-060
Vila Santo Antônio – Duque de Caxias – RJ
Escritório de Projetos: Rodovia Washington Luís, 2550 sala 824
Torre II – Vila São Luiz – Duque de Caxias/RJ

VACINA CONTRA ROUBO

Av. Dep. Benedito Matarazzo, 4229 – Sala 14 – Jardim das Industrias, São José dos Campos – SP

https://www.vacinacontraroubo.com.br/

Contato: (12) 4109-1000
[email protected]

RAFALE CORRETORA DE SEGUROS

Rua Prudente de Morais Neto, 62, Sala 202
Recreio dos Bandeirantes, Rio de Janeiro – RJ
Contatos:
Alexandre Monteiro – [email protected] – (21)97125-3366;
Rafael Passos – [email protected] – (21)97125-3369;
Atendimento geral – [email protected] – (21)3807-8812.

CAMES RJ
Av. Rio Branco, número 151, Sala 601 – Centro – Rio de Janeiro -/RJ

Tel.: (21) 3149-8691

https://www.camesbrasil.com.br/

Instagram: https://www.instagram.com/camesrio/
Facebook: https://www.facebook.com/camesrio
Linkedin: https://www.linkedin.com/company/camesrio

T4S Technology for Safety

AV AFONSO ARINOS DE MELO FRANCO, 222 – Barra da Tijuca – Rio de Janeiro

Cel:+55 (21) 97898-0378 – Whatsapp

E-mail:[email protected]

PERSONNALSEG
Endereço: Av tenente Muniz de Aragão N° 597- Anil (Sede)
Filial: Av. Embaixador Abelardo Bueno N° 1 Bloco C Sala 414C

SMART FACILITY

Estrada dos Bandeirantes, 470 – 707
Taquara / Rio de Janeiro

Telefone: (21) 99416-5257

E-mail: [email protected]

Instagram: smartfacilities_a2

Exper Tran
Especialistas em Infrações de Trânsito

Avenida José Silva de Azevedo Neto, 200
Edifício Evolution V, Bloco 4, sala 104 – Barra da Tijuca, Rio de Janeiro
Telefone: (21) 99565-1001 / (21) 4042-7880

Instagram: @expertran.multas

E-mail: [email protected]

Site: www.expertran.com.br