Amazon disputa o mercado de logística

Amazon disputa o mercado de logística

Para crescer no setor, onde já operam Mercado Livre, B2W e Magazine Luiza, não vai cobrar parte das taxas

A Amazon, segunda maior empresa de comércio eletrônico do mundo, atrás do Alibaba, dá um passo fundamental para ter mais peso no varejo brasileiro. Vai vender serviços logísticos a quem usa sua plataforma. E para ganhar fatias nesse mercado, onde já operam Mercado Livre, B2W e Magazine Luiza, não vai cobrar do cliente, por um ano, parte das taxas.

O pacote de serviços inclui gestão de estoques, armazenagem, entrega e auxílio na estratégia comercial do lojista, com ferramentas para ajudar a definir preços. Também irá estocar mercadorias desses vendedores em seus oito centros de distribuição. Por um ano, isentará parte dos custos de envio e armazenagem, como forma de atrair e reter varejistas. O anúncio oficial ocorre hoje.

De janeiro a setembro, as comissões e taxas pagas por lojistas e consumidores à Amazon no mundo renderam US$ 53 bilhões, alta de 55% em relação a igual período de 2019. É o segundo negócio que mais dá receita à empresa – o primeiro é a venda direta de produtos.

Concorrentes como Mercado Livre, Magazine Luiza e B2W (Americanas e Submarino) já vendem parte desses serviços há anos, estocando itens de vendedores em seus centros e até em lojas (caso de Magazine e B2W). Mas a Amazon entende que tem vantagens a explorar. Para analistas, é um movimento determinante para o grupo tentar ser mais competitivo por aqui.

“O que nós queremos é mostrar [ao lojista] que podemos colocar tudo o que temos, a nossa ‘expertise’ em logística e liderança em experiência ao cliente, à disposição dele”, diz Rafael Ferreira, principal executivo da área de serviços da Amazon.

Testes iniciais com varejistas que já têm centros de distribuição foram feitos nos últimos meses. A Amazon mais que dobrou o número de categorias de produtos em atuação no país desde janeiro de 2019, passando de 15 para 35. O portfólio à venda avançou de 20 milhões de produtos para cerca de 30 milhões.

As empresas que vendem esse tipo de pacote de serviços cobram, em geral, entre 10% e 20% do valor da venda feita pelo lojista.

Mas a Amazon está disposta a abrir mão de parte dessa receita, para ganhar e reter clientes. Vai oferecer isenção por um ano na cobrança do custo de armazenagem em seus oito centros de distribuição. Também irá isentar o custo de envio do pedido do lojista até as centrais da Amazon pelo mesmo período. Ela cobrará o custo de envio de suas centrais até o endereço de entrega – esse custo o lojista pode cobrar do consumidor ou não.

O lojista que usa a plataforma da Amazon para vender, por exemplo, um celular paga atualmente uma comissão de 11% do valor da venda. Outros produtos eletrônicos pagam 15%. Na média, a Amazon cobra uma comissão de 12%. Com os serviços de logística, esses percentuais vão subir.

A venda do pacote de serviços começa a funcionar apenas no Estado de São Paulo e para lojistas que operam no regime tributário Simples Nacional. Para outros Estados do Sudeste e Sul do país, além de Bahia, Pernambuco e Distrito Federal, a Amazon passa a operar um modelo em que o produto fica nas centrais do próprio lojista, e a Amazon faz a gestão do estoque e a entrega.

Ferreira disse que o governo paulista mudou a legislação relativa a operadores logísticos, possibilitando que sejam despachados na mesma caixa diferentes produtos para o mesmo cliente. Isso permitiu que a operação começasse por São Paulo.

A Amazon ainda informou que os produtos vendidos por terceiros em sua plataforma receberão o selo Amazon Prime, e seguem a política de entrega de até 48 horas para 500 cidades. Com isso, passam a fazer parte da cesta de mercadorias com frete grátis para o cliente Prime, ao custo de R$ 9,90 por mês, o que a Amazon vê como vantagem frente aos rivais.

A Lojas Americanas desde setembro usa a marca “Americanas Mais” (até então, era “Americanas Prime”) e faz entrega gratuita ao consumidor que assinar o serviço, por R$ 9,90, para itens com esse selo. Mas esse preço só vale para envio ao Sul e Sudeste – para as demais regiões o preço é maior. O Mercado Livre, líder na venda on-line, oferece frete grátis em compras acima de R$ 99.

Com uma rede de distribuição física menor, a Amazon tem oito centros de distribuição – menos da metade de B2W e Magazine Luiza – e não opera lojas físicas para usar como área de estocagem, como fazem Americanas e Magazine. Mas mantém a política do frete zero condicionado à assinatura do Amazon Prime, o que leva analistas a concluir que ela subsidia esse preço para se manter na disputa. A empresa não comenta.

Outra frente de atuação da Amazon junto aos vendedores no país será o atendimento ao cliente e à logística reversa, áreas cuja gestão da Amazon é reconhecida no mundo.

No Brasil, é comum o consumidor reclamar de problemas quando faz uma compra on-line. Normalmente, a dona da plataforma repassa a reclamação ao lojista, e este faz o primeiro contato. É justamente nesse atendimento ao consumidor que a Amazon alega conseguir atuar melhor. No site Reclame Aqui, a nota da Amazon é 8,5, e no Magazine e Americanas, 8,3. No Mercado Livre é 6,9.

Para consultores, a Amazon já vem ganhando mercado no país, mesmo em categorias com alta competição, como a de produtos eletrônicos. Mas ainda não está operando “a plena capacidade”, diz Alberto Serrentino, sócio e fundador da Varese Retail. “O procedimento é o mesmo em vários países. Eles vão montando suas estruturas enquanto vão tomando ‘pé’ do mercado, para então se tornarem muito relevantes”, disse. A venda de serviços de logística é um dos alicerces que a Amazon está construindo no país “para entrar mesmo no jogo”.

De quase dois anos para cá, a companhia abriu três novos centros de distribuição no país, subindo de cinco para oito o número total, entrou em novas categorias e lançou o Amazon Prime, o que coloca uma pressão maior no ambiente de competição entre as grandes plataformas de comércio eletrônico.

Fonte: SETCESP

Rolar para cima
Mantenedor Master
Rio Diesel Veículos e Peças S/A
Concessionário Mercedes-Benz
de Veículos Comerciais
Rua Carlos Marques Rollo 881, Jardim Império, Nova Iguaçu – RJ
SIEMBRA CONSULTORIA EMPRESARIAL LTDA Rua Quinze de Novembro 04, Sala 707 Centro – Niterói – RJ https://siembrabeneficios.com.br Contato: (21) 4003-7602

CANADÁ CORRETORA DE SEGUROS LTDA

Av. das Américas, 1650 – Bloco 4 /101 a 103 – Barra da Tijuca – Rio de Janeiro / RJ

https://www.canadaseguros.com.br/

Contato: (21) 2107-4420 / (21) 2107-4418 / (21) 2107-4444

Golden Service

Rua Guandu,155 – Teresópolis – RJ

CEP 25963-620

Telefone: (21) 3644-7000

E-mail: [email protected]

http://site.gservice.com.br/

CALLMED EXAMES COMPLEMENTARES

Rua Almirante Grenfall, 405 – Bairro Parque Duque – Cidade Duque de Caxias

Telefone: (21) 3661-9600 Comercial: (21) 99727-3281 (Marcia Nogueira)

Insta: @clinica.callmed

T4S Technology for Safety

Alameda Araguaia, 750, Barueri – SP
Telefone: (11) 2424-7252
Cel: (11) 96926-6062 (Comercial)
Cel: (11) 97282-9437 (Comercial)
Cel: (11) 94839-1726

E-mail: [email protected]

Agência F3X Soluções Inteligentes

Av. Armando Lombardi, 205 – Barra da Tijuca, Rio de Janeiro – RJ, 22640-020

https://agenciaf3x.com.br/

Contato: (21) 99926-8644

JF Assessoria Ambiental e Empresarial Ltda

Tel: (21) 2782-6590 / (21) 99294-0028 / (21) 7853-6695

E-mail: [email protected]
Endereço: Rua Lauro Sodré, s/n, lote 28 – Galpão
CEP 25040-060
Vila Santo Antônio – Duque de Caxias – RJ
Escritório de Projetos: Rodovia Washington Luís, 2550 sala 824
Torre II – Vila São Luiz – Duque de Caxias/RJ

VACINA CONTRA ROUBO

Av. Dep. Benedito Matarazzo, 4229 – Sala 14 – Jardim das Industrias, São José dos Campos – SP

https://www.vacinacontraroubo.com.br/

Contato: (12) 4109-1000
[email protected]

RAFALE CORRETORA DE SEGUROS

Rua Prudente de Morais Neto, 62, Sala 202
Recreio dos Bandeirantes, Rio de Janeiro – RJ
Contatos:
Alexandre Monteiro – [email protected] – (21)97125-3366;
Rafael Passos – [email protected] – (21)97125-3369;
Atendimento geral – [email protected] – (21)3807-8812.

CAMES RJ
Av. Rio Branco, número 151, Sala 601 – Centro – Rio de Janeiro -/RJ

Tel.: (21) 3149-8691

https://www.camesbrasil.com.br/

Instagram: https://www.instagram.com/camesrio/
Facebook: https://www.facebook.com/camesrio
Linkedin: https://www.linkedin.com/company/camesrio

Proteja seu negócio com a maior base processual do Brasil!

AV AFONSO ARINOS DE MELO FRANCO, 222 – Barra da Tijuca – Rio de Janeiro

Cel:+55 (21) 97898-0378 – Whatsapp

E-mail:[email protected]

PERSONNALSEG
Endereço: Av tenente Muniz de Aragão N° 597- Anil (Sede)
Filial: Av. Embaixador Abelardo Bueno N° 1 Bloco C Sala 414C

SMART FACILITY

Estrada dos Bandeirantes, 470 – 707
Taquara / Rio de Janeiro

Telefone: (21) 99416-5257

E-mail: [email protected]

Instagram: smartfacilities_a2

Exper Tran
Especialistas em Infrações de Trânsito

Avenida José Silva de Azevedo Neto, 200
Edifício Evolution V, Bloco 4, sala 104 – Barra da Tijuca, Rio de Janeiro
Telefone: (21) 99565-1001 / (21) 4042-7880

Instagram: @expertran.multas

E-mail: [email protected]

Site: www.expertran.com.br