QUESTIONÁRIO PARA COLETA DE DADOS PARA A POLÍTICA NACIONAL DE PISOS MÍNIMOS DO TRANSPORTE RODOVIÁRIO DE CARGAS - Sindicarga

QUESTIONÁRIO PARA COLETA DE DADOS PARA A POLÍTICA NACIONAL DE PISOS MÍNIMOS DO TRANSPORTE RODOVIÁRIO DE CARGAS

QUESTIONÁRIO PARA COLETA DE DADOS PARA A POLÍTICA NACIONAL DE PISOS MÍNIMOS DO TRANSPORTE RODOVIÁRIO DE CARGAS

0 Flares 0 Flares ×

Estamos compartilhando o link para o “QUESTIONÁRIO PARA COLETA DE DADOS PARA A POLÍTICA NACIONAL DE PISOS MÍNIMOS DO TRANSPORTE RODOVIÁRIO DE CARGAS”, promovido pelo Grupo ESALQ-LOG e ANTT, objetivando coletar informações para compor os indicadores técnicos e operacionais do custo operacional total na formulação do piso mínimo de frete no transporte rodoviário de cargas. É importante destacar que a divulgação destas informações não terá caráter de atualização do RNTRC.
Link para o questionário: https://goo.gl/forms/RPudeINdB5KMev7c2

Pedimos a colaboração para dar ampla divulgação deste questionário para outros colabores com informações pertinentes, envolvendo, principalmente: motoristas autônomos, transportadoras, cooperativas e embarcadores.

É possível realizar a divulgação dos dados em versões de planilhas ou demais documentos. Encaminhe tais informações para o seguinte endereço eletrônico: esalqlog@esalqlog.esalq.usp.br

Esta pesquisa ocorre em razão da contratação da Fundação de Estudos Agrários Luiz de Queiroz pela Agência Nacional de Transportes Terrestres – ANTT para apoio nas atividades de revisão de metodologia de definição, monitoramento e atualização de dados e informações com vistas à implementação da Política Nacional de Pisos Mínimos do Transporte Rodoviário de Cargas e à adequação da Tabela de Fretes a ser divulgada semestralmente pela Agência. Nos termos do art. 6º da Lei nº 13.703, de 08 de agosto de 2018, o processo de fixação dos pisos mínimos deverá ser técnico, ter ampla publicidade e contar com a participação dos representantes dos embarcadores, dos contratantes dos fretes, das cooperativas de transporte de cargas, dos sindicatos de empresas de transportes e de transportadores autônomos de cargas. Cabe à ANTT, através de sua Diretoria Colegiada, após Processo de Participação e Controle Social, a definição e a publicação da norma com os pisos mínimos referentes ao quilômetro rodado na realização de fretes, por eixo carregado, consideradas as distâncias e as especificidades das cargas definidas no art. 3º desta Lei, bem como planilha de cálculos utilizada para a obtenção dos respectivos pisos mínimos.

As informações coletas neste questionário serão sigilosas e em nenhum momento serão divulgadas identificando nominalmente os entrevistados.

O tempo estimado de resposta é de 15 a 22 minutos.

Em caso de dúvida entre em contato com thiago.pera@usp.br

Thiago Péra
ESALQ-LOG – Grupo de Pesquisa e Extensão em Logística Agroindustrial
Coordenador Técnico
Universidade de São Paulo
Tel: (19) 3429-4580
http://esalqlog.esalq.usp.br

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×